Calvície: principais causas e tratamentos

A calvície, também conhecida cientificamente por alopecia, é o tipo mais comum de perda de cabelo, tanto parcial como total. Geralmente é mais comum no couro cabeludo, mas pode ocorrer em qualquer parte do corpo que possua pelos.

A maioria das pessoas perde entre 50 a 100 fios de cabelo por dia, o que é normal. Quando um fio cai, logo outro cresce através do mesmo folículo, continuando assim o ciclo de crescimento.

Mas com o passar dos anos, o ciclo de crescimento dos cabelos passa a ser mais lento e, em alguns casos, até para, o que resulta na alopecia. No entanto, existem vários motivos diferentes que desencadeiam a perda de cabelo. E é sobre isso que vamos falar no post de hoje. Vamos lá?!

O que causa a calvície?

Perder alguns fios de cabelo é diferente da alopecia, que é quando o cabelo cai e não volta a crescer. Muitas pessoas perdem o cabelo durante eventos estressantes da vida, como parto, separação ou divórcio, excesso de trabalho ou em momentos de luto.

Já a alopecia pode ter várias causas, as quais podem variar de pessoa para a pessoa. Segue abaixo as suas principais causas.

Hormônios

Quando o assunto é perda de cabelo, os hormônios também podem estar envolvidos. O nível de testosterona é normal em homens que sofrem com a perda de cabelo. No entanto, o ponto é que as células do couro cabeludo convertem a testosterona em outro hormônio, a di-hidrotestosterona.

Os folículos afetados se tornam altamente sensíveis à di-hidrotestosterona, fazendo com que eles se encolham. E como apenas alguns folículos são afetados inicialmente, a perda de cabelo se inicia gradualmente.

Genética

A perda de cabelo como uma condição hereditária é a causa mais comum. A genética afeta a idade em que você começa a perder o cabelo e o ritmo em que você o perde.

Idade

À medida com que você envelhece, o processo de perda de cabelo acontece naturalmente.

Estresse

O estresse pode realmente fazer com que seu cabelo comece a cair, mas não permanentemente. Existem diferentes tipos de perda de cabelo envolvendo o estresse, mas a mais comum está relacionada com o eflúvio telógeno.

O cabelo para de crescer durante o eflúvio telógeno e cai por 2 ou 3 meses. É uma condição reversível em que o cabelo cai depois de uma experiência estressante. No entanto, dentro de 6 a 9 meses, o cabelo começa a crescer novamente.

E quais são os principais tratamentos?

Atualmente, existem poucas opções de tratamento para interromper ou reverter a calvície. No entanto, os dois principais tratamentos são:

 

  • Laser capilar de baixa energia: O tratamento com laser de baixa intensidade é uma forma de tratamento baseada em luz e calor. A luz age diretamente no bulbo capilar, estimulando a multiplicação das células. É capaz de estimular o crescimento do cabelo em homens e mulheres.
  • Mesoterapia Capilar: Basicamente, esse tipo de tratamento consiste na aplicação de substâncias abaixo da pele através de seringas ou uma “pistola” automática. Substâncias homeopáticas, aminoácidos e vitaminas são injetadas para estimular o crescimento dos fios.

 

Enfim, existem várias formas de tratamento, mas essas são as principais e as que proporcionam um melhor resultado. No entanto, lembre-se que, antes de escolher qualquer tratamento para calvície, é recomendado que você faça um diagnóstico com um dermatologista antes para então encontrar o tratamento ideal para o seu caso.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho comodermatologista em São Paulo e Belo Horizonte!

Por: Dra. Ana Paula Coelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *