Olhar cansado: como identificar e tratar o problema?

O olhar é a parte mais expressiva da face, tanto que, em um primeiro contanto, a maioria das pessoas busca primeiramente os olhos da outra. Os olhos atraem a atenção, dizem muito a nosso respeito e são importantíssimos na harmonização da estética facial. É por isso que o olhar merece cuidados especiais.

Infelizmente, por diferentes razões, essa região do rosto pode adquirir um aspecto cansado. Fatores genéticos, hábitos alimentares, noites mal dormidas, oscilações hormonais e estilo de vida desregrado podem favorecer o surgimento das temidas olheiras.

Olheiras são respostas naturais do corpo, mas isso não significa que é preciso se conformar com o olhar fundo, bolsas abaixo dos olhos e coloração escura na região! Atualmente, há tratamentos muito eficazes para cuidar do problema.

Leia o artigo, aprenda como identificar a questão e dar adeus ao cansaço no olhar!

Saiba distinguir os tipos de olheira

Ao se olhar no espelho, você tem notado uma aparência cansada? Saiba que você não está só, pois esse é um problema muito comum. Existem diferentes tipos de olheiras e os tratamentos indicados para cada um são distintos, e por isso é importante saber reconhecê-los. Veja só as principais características de cada tipo de olheira:

Olheiras vasculares

A região dos olhos pode apresentar tons que variam entre o vermelho e o roxo, devido ao aumento do tamanho e da quantidade dos vasos sanguíneos.

Olheiras pigmentares

Nesse tipo de olheira, acontece a pigmentação marrom nas pálpebras, podendo ocorrer variação de intensidade. Quanto mais clara for a tonalidade, melhores são os resultados do tratamento.

Olheiras profundas

Nas olheiras profundas, além da coloração escura, percebe-se o afundamento e formação de sulcos na região, o que provoca um sombreamento expressivo na área.

Olheiras por bolsas

As olheiras por bolsas são caracterizadas por inchaço ou acúmulo de gordura abaixo dos olhos. Elas provocam um visual cansado e envelhecido.

Como em muitas pessoas há uma mistura de padrões, o que configura um quadro de olheiras mistas, é indispensável buscar o diagnóstico preciso para encontrar o melhor tratamento.

Tratamentos para o olhar cansado

O tratamento adequado deve ser indicado pelo dermatologista, uma vez que a orientação do especialista aumenta a segurança e eficácia do processo. De modo geral, existem ótimas opções para tratar o problema. No caso das olheiras vasculares, por exemplo, procedimentos como o uso de lasers e luz intensa pulsada são recomendados.

Para olheiras pigmentares, a depender da intensidade, a correção do olhar cansado pode ser feita por laser ou preenchimento. Por falar nisso, o preenchimento com ácido hialurônico é ideal para tratar olheiras profundas. Vale destacar que o ácido hialurônico ajuda a realçar e rejuvenescer o olhar, nivelar a área funda, melhorar a textura da pele e aumentar a tonicidade e vitalidade da região, além de contribuir para a harmonização da face.

Olheiras por bolsas podem demandar intervenção cirúrgica, porém, em casos mais sutis, a aplicação de cremes na região ajuda a hidratar as pálpebras, estimula a firmeza, controla o inchaço e ameniza a pigmentação.

Injeções de CO2, peelings, uso de despigmentantes como hidroquinona, aqua licorice e ácido kókico, sessões de laser fracionado e produtos bioflabonoides também podem ser úteis no tratamento do olhar cansado. Converse com seu dermatologista para saber qual é a opção indicada para você.

Quer saber mais sobre olhar cansado? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo e Belo Horizonte!

Por: Dra. Ana Paula Coelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *