Quando iniciar tratamentos para prevenir o envelhecimento da pele?

Em qual fase da vida é importante iniciar os tratamentos dermatológicos para prevenir o envelhecimento precoce?

Até os 25 anos de idade, há 6 cuidados básicos para se manter a jovialidade da pele: proteção solar, alimentação, ingestão de água, limpeza, tonificação e hidratação.  Após essa idade, os cuidados são diferenciados, com cosméticos que possuem substâncias antioxidantes e estimulam a renovação das células da pele.

A proteção solar é necessária em todas as fases da vida, como medida preventiva ao câncer de pele. Mas, na juventude, além de evitar a doença, o uso de protetor solar previne o envelhecimento precoce.

Após os 20 anos, começam a surgir os efeitos da radiação ultravioleta. Usando o protetor solar, na infância e na adolescência, é possível se chegar aos 25 anos com uma pele em ótimas condições.

Outro cuidado é manter uma alimentação saudável, rica em vitaminas e fibras. Gorduras, açúcares, conservantes químicos, sal, sódio, embutidos e bebidas alcoólicas são itens que devem ser excluídos do cardápio. Além do mal que fazem à saúde, potencializam a ação dos radicais livres, substâncias que oxidam as células, favorecendo o envelhecimento.

A limpeza diária da pele remove as impurezas, evitando a obstrução dos poros. A tonificação normaliza o pH da cútis e a hidratação protege a pele contra os efeitos do clima e da poluição.

Cuidados com a pele após os 25 anos

A partir dos 25 anos, entram em cena os tratamentos anti-idade, com produtos que retardam o surgimento de rugas e outras marcas do envelhecimento.

O uso de hidratante à base de vitamina C é recomendável, porque a ação dessa vitamina é antioxidante. O ideal é consultar o dermatologista para obter uma avaliação mais detalhada sobre a pele e, assim, se focar em tratamentos mais eficazes, como, por exemplo, o peeling.

Entre 35 e 45 anos

A queda na produção de colágeno e elastina começa na terceira década de vida. Por isso, nessa fase é importante usar cremes que contenham ácido hialurônico e retinol. Essas substâncias estimulam a produção de colágeno e elastina, o que é essencial para evitar que a pele envelheça.

Para obter resultados satisfatórios, é necessário continuar usando o protetor solar todos os dias. Ao se chegar aos 40 anos, a pele pode apresentar sinais de flacidez e perda de volume.

É recomendável fazer uma avaliação dermatológica para saber quais são os tratamentos indicados para esse tipo de problema. Uma opção é o preenchimento facial, com ácido hialurônico, lasers ou aplicações de toxina botulínica.

Acima de 45 anos

Há várias opções de tratamentos dermatológicos para rugas, marcas de expressão, flacidez e perda de volume. Os cremes hidratantes também possuem uma formulação mais forte, com substâncias que estimulam a regeneração da pele. Porém, para obter resultados mais eficazes na prevenção ao envelhecimento da pele, é importante fazer uma avaliação da pele e utilizar cosméticos recomendados pelo dermatologista.

Como a partir dessa idade as marcas do tempo são mais visíveis, alguns tratamentos podem rejuvenescer a face mais rapidamente: aplicação de toxina botulínica (botox), preenchimento facial, lasers, microagulhamento, ultrassom microfocado e até mesmo o lifting facial, dentre outras opções que amenizam o problema atual, prolongando a jovialidade da pele.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre o meu trabalho como dermatologista em São Paulo e Belo Horizonte.

Por: Dra. Ana Paula Coelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *