Unhas fracas – O que fazer?

As unhas adornam as mãos, sendo frequentemente lixadas e coloridas pelas mulheres. Justamente por este motivo, elas vêm ganhando muito valor estético, com a procura por tratamentos para deixá-las mais bonitas e saudáveis.

Quando elas estão quebradiças, descamadas, apresentando manchas e com aspecto poroso, estão vulneráveis a micro-organismos que podem provocar infecções. As causas para seu enfraquecimento estão ligadas a deficiências de nutrientes e à exposição a produtos químicos, como os detergentes.

Para que servem as unhas?

As unhas são formadas pelas células que morrem debaixo da pele dos dedos e são empurradas para diante. Elas não param de ser produzidas e ao serem expostas ganham queratina e proteínas, capazes de mantê-las mais fortes e vigorosas. Na ponta dos dedos elas se assemelham a lâminas e servem como proteção de mãos e pés.

Em alguns animais, e até mesmo nos ancestrais humanos, as unhas servem de garras para ataque e defesa, em especial durante caçadas. Mas as unhas atuais são bem mais finas e frágeis, inábeis para exercer funções de luta, mas perfeitas para o manuseio de objetos.

As unhas não param de crescer mesmo após a morte, já que as células da região precisam de uma energia bem mínima para se locomover e são capazes de manter uma boa reserva energética por um bom tempo. Por mês, as unhas crescem cerca de 3 milímetros nas mãos e um pouco menos nos pés, precisam ser cortadas para facilitar as atividades cotidianas que podem ficar mais complicadas com as unhas muito grandes.

Como cuidar das unhas fracas

As unhas fracas são facilmente tratadas com a modificação de alguns hábitos e o uso de fortalecedores. Confira algumas dicas:

1 – Creme hidratante para unhas

As unhas precisam de hidratação tanto quanto o resto do corpo. Com a aplicação diária de um creme hidratante específico para a região, elas vão se fortalecendo.

2 – Óleos e fortalecedores

As lojas de cosméticos dispõem de óleos e fortalecedores de unhas, que são muito eficazes para combater unhas quebradiças e fracas. Eles ajudam a nutrir a área e devem ser aplicados com as unhas limpas e sem esmaltes.

3 – Evitar a acetona

A acetona é um produto químico que resseca as unhas e as torna mais fracas. Procure outros produtos similares que removem os esmaltes, mas não comprometem a saúde das unhas.

4 – Usar luvas

Não é frescura e nem vaidade, usar luvas na hora da limpeza é essencial para evitar o contato com produtos químicos. Tarefas simples como lavar louças e roupas colocam as unhas em contato direto com detergentes.

5 – Melhorar a alimentação

O consumo de alimentos que possuam vitamina A, B5, ferro, cálcio, proteína e ácido pantotênico ajuda a manter as unhas saudáveis e firmes.

6 – Fazer um check up médico

As unhas fracas também podem ser sintomas de problemas de saúde como anemia, hipo ou hipertireoidismo. Como são doenças que diminuem os nutrientes do corpo, fazem com que as unhas fiquem mais fracas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo e Belo Horizonte.

Por: Dra. Ana Paula Coelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *